Monte Saint-Michel

Visitei no inicio de agosto pela segunda vez o Mont Saint-Michel. A minha primeira visita foi no inverno no mês do dezembro. O Mont sempre foi uma grande paixão, um sonho a realizar e não me decepcionou em nada quando finalmente o vi primeira vez. Pra mim é um dos lugares mais belos e mágicos da França e é sempre um destino que indico a qualquer pessoa que peça conselhos sobre lugares onde ir no país.

Eu no meu ponto turístico favorito da França: Mont Saint Michel 💕💕💕

A post shared by Ceci Fontaine (@ceci_fontaine) on

O Mont Saint-Michel é uma Abadia e santuário em homenagem ao arcanjo São Miguel que foi construída através dos séculos, acredita-se que o inicio da história da abadia do monte começou no ano de 708 quando um bispo chamado Aubert bispo de Avranches mandou construir lá um santuário, porém só mais tarde no séc X é que os monges beneditinos se instalaram na abadia e com eles acabou se desenvolvendo um pequena aldeia ao pés do monte.

Além do passeio pelas ruas da aldeia do Mont Saint-Michel que é totalmente gratuito eu também conheci pela primeira vez o santuário e a igreja de São Miguel, essa parte é paga e os turistas entram em grupos.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Sobre a visita a abadia: Sua entrada é fortificada e os turistas entram por uma bela escadaria, ao fim no Grande Degrau ficamos entre a igreja, as habitações abaciais que são ligadas por um passagem suspensa. Em seguida vamos conhecer o terraço oeste onde podemos ter uma vista deslumbrante de toda baía, realmente lindo, podemos ver as falácias, um pedaço da Bretagne e uma pequena ilhota. Do terraço podemos ver perfeitamente a torre da igreja onde está a estátua de São Miguel em cobre dourado.A igreja encontra-se a 80 metros do nível do mar e é uma construção linda, com janelas super altas, entrar lá dentro permite uma sensação única. Muitas coisas foram reconstruídas após a guerra dos 100 anos. Saindo da igreja entramos no Caustro uma espécie de galeria entre um edifício e outro, lá era um local de oração e meditação, e também onde aconteciam as festas religiosas. Infelizmente ele estava em reforma mais mesmo assim deu para perceber que aquele é um dos locais mais belos da abadia. Também conhecemos onde era o refeitório dos monges. Na cripta dos grandes pilares vimos um grande roda que era usada como elevador para subir alimentos e outras coisas. Depois passamos por outros locais até finalmente chegar no belo jardim da abadia, onde os monges acolhiam os pobres dando suporte e cuidados. Realmente o passeio vale super a pena, é muito maior do que imaginei e cheio de coisas extraordinárias.

Gastos: 11 euros estacionamento, 10 euros entrada na abadia e 15 euros cada almoço. Transporte do estacionamento para o Mont é gratuito, pode se fazer de carruagem ou ônibus.

Aqui tem um vídeo para vocês conhecerem um pouquinho da abadia:

 

Dicas e Curiosidades:

  • Me arrependi de ter ido nas férias de verão, muito lotado e difícil de apreciar tudo que a pequena aldeia oferece, até andar é complicado me senti dentro de um metrô lotado em São Paulo rsrs
  • Recomendo ir na outras estações do ano que não sejam ao auge do verão francês, minha primeira visita foi no inverno e achei muito mais tranquilo.
  • Mont Saint- Michel está na lista de patrimônio mundial da UNESCO
  • Homens da Idade Média o viam como uma representação da Jerusalém celeste sobre  a terra, imagem do paraíso.
  • A estátua do arcanjo São Miguel foi feito  em 1897 pelo escultor Emmanuel Frémiet e foi restaurada em 1987.

Mais um pequeno vídeo para fechar com chave de ouro esse post.

 

Au revoir!

 

Vejam também:

Lugares para tirar fotos em São Paulo

Tarde em Saint Malo- França

 

Anúncios

Castelo de Marqueyssac e seus Jardins Suspensos

O Jardim de Marqueyssac fica em anexo com castelo e tem vista para vale e para o rio localizado em Vézac, na região da Dordonha, Sudoeste da França.

Continuar lendo “Castelo de Marqueyssac e seus Jardins Suspensos”

Gouffre de Padirac

Uma das maiores grutas da Europa

Nessas férias eu  tive o prazer de explorar as profundezas do Padirac em Lot na região de Midi-Pyrénées. Esta enorme gruta tem 35 metros de diâmetro e 103 metros de profundidade e dentro existe um rio que corre por mais de 40 quilômetros. Surpreendente não!?

Continuar lendo “Gouffre de Padirac”

Castelo Haut-Koenigsbourg

A mais de 757 metros de altitude nas montanhas de Vosges, o Haut Koenigsbourg é um castelo que impressiona e fascina, ele foi construído no século XII e totalmente transformado no século XV. Fica na cidade francesa de  Orschwiller, na região da Alsace próximo a Colmar. Continuar lendo “Castelo Haut-Koenigsbourg”

Hotel Vienna Magic Circus – Disneyland Paris

The Vienna International Magic Circus Hotel tem estilo mansão francesa. Dentro dele você encontra uma atmosfera de circo real com decorações com malabaristas, palhaços e acrobatas – é como você se hospedasse em sua própria tenda de circo!

Continuar lendo “Hotel Vienna Magic Circus – Disneyland Paris”